i
Blog

Esthetic Company

Você conhece os principais tipos de alisamento?

O alisamento, como o próprio nome já diz, é o processo pelo qual podemos alisar, diminuir volume ou tirar o frizz dos fios de cabelo. 

A técnica é muito famosa, mas o que nem todo mundo sabe é que existem vários tipos diferentes de alisamento. Por isso, resolvemos detalhar para vocês quais são essas técnicas e dar algumas dicas valiosas! Bora lá?

Progressiva

A progressiva é indicada para cabelos crespos e volumosos e é contra indicada para cabelos afros, já que por serem mais porosos, podem ser mais danificados pelo procedimento. 

Em geral, o composto químico utilizado nessa técnica possui formol, mas só pode estar contido dentro dos limites permitidos pela ANVISA – que é de no máximo 0,2% da concentração, medida adotada para preservar a saúde de quem aplica e recebe a progressiva, uma vez que o formol é bastante prejudicial a saúde. Nessa quantidade estipulada pela ANVISA, ele age como conservante e não como alisante. 

Hoje em alguns produtos o formol é substituído por tioglicolato de amônio e etalomina, substâncias parecidas e que causam menos danos ao cabelo. O nome “progressiva” vem de um fato curioso: cada vez que for realizada, a técnica vai “progredindo” e atingindo melhores resultados. Sua duração é de 2 a 5 meses, dependendo do volume, do frizz e do tipo de cabelo. 

Assim como todo procedimento químico, ao optar pela progressiva, é indicado manter uma rotina de cuidados com o cabelo, alternando hidratação, nutrição e reconstrução – o famoso cronograma capilar. 

É importante também realizar um teste de sensibilidade antes de fazer o procedimento para evitar possíveis alergias aos componentes químicos da fórmula e, principalmente, verificar junto ao cabeleireiro se o produto que ele utiliza é aceito pela ANVISA.

Relaxamento

O relaxamento capilar é indicado para cabelos cacheados, crespos e afros, podendo alisar completamente os fios. O relaxamento é feito normalmente com uma substância chamada tioglicolato de amônia, podendo ser utilizadas também as substâncias guanidina e o hidróxido de sódio para a realização desse procedimento. 

Uma única aplicação pode garantir os fios lisos por até 4 meses!

A pessoa que opta pelo relaxamento deve saber que após a realização do procedimento será necessário realizar hidratações constantes nos fios, a fim de mantê-los bonitos e saudáveis.

Outra informação importante é que a pessoa que já possui alguma química no cabelo deve realizar um teste de resistência no fio antes de realizar o procedimento, para evitar danos e até perda de cabelo.

Botox Capilar

A primeira questão essencial é que, apesar do nome, essa técnica NÃO utiliza a substância química do Botox tradicional (toxina botulínica) – feito para pele. 

O nome Botox foi dado pois a técnica recupera a boa aparência do cabelo, nutrindo, hidratando e preenchendo os fios. 

Esse efeito positivo é também o responsável por deixá-los com aspecto mais liso e sedoso, devido a presença em sua fórmula de substâncias nutritivas e hidratantes, e são justamente essas substâncias que conferem esse aspecto ao cabelo. Porém, o botox não é necessariamente uma técnica de alisamento, e nem atinge os mesmos resultados dos outros procedimentos que citamos aqui. Podemos dizer que age muito mais como um tratamento, sendo inclusive indicado para cabelos danificados pelo uso constante de chapinhas, progressivas ou coloração e a aparência mais lisa dos fios se dá justamente pela maior hidratação e consequente diminuição do volume dos fios.

É importante destacar também que alguns produtos para botox capilar existentes no mercado possuem em suas fórmulas formol e/ou glutaraldeído, substâncias não recomendadas pela ANVISA. Portanto antes de optar pelo botox, converse com o profissional de sua confiança para ter certeza sobre qual produto será utilizado em seus cabelos.

Alisamento com ácidos

Hoje em dia é possível encontrar no mercado diversos produtos que não contém formol em sua composição, porém trabalham com outros ácidos com a premissa de não serem tão agressivos e compatíveis com outras químicas.

Um bom exemplo do alisamento com ácidos é o The First Shampoo da Sweet Professional, que alisa os fios e elimina o frizz em apenas uma lavagem. 

O The First não possui formol nem parabenos e tem em sua composição uma mistura de cinco ácidos orgânicos: acetil salicílico, alfa lipóico, glicólico, lático e hialurônico.

Aqui vale ressaltar que para obter o resultado esperado é necessário utilizar chapinha, pois a ação do produto se dá pela interação com uma fonte de calor. É recomendado pelos profissionais da Sweet que se pranche os fios com velocidade moderada da raiz às pontas 07 vezes a uma temperatura de 180ºC a 230ºC. Nesse momento, o cabelo acaba sofrendo os danos do calor da chapinha, por isso é importante ressaltar que não existe alisamento que não danifique os fios. Um outro ponto para se atentar é para o cabelo loiro! A prancha passada várias vezes pode desbotar a cor do loiro, deixando o cabelo com um tom alaranjado.

Por isso, antes de escolher a melhor técnica ou produto, converse antes com o seu cabeleireiro e nunca abra mão dos cuidados pós-alisamento.

Gostou? Na Esthetic Company, você pode escolher a sua técnica preferida e realizar o alisamento com profissionais especializados.

Quer saber mais? Visite nossas páginas e fique por dentro de tudo! E não esqueça de compartilhar com as amigas!

× Agende agora!